Notícias

Membros do Núcleo Bahia-Sergipe da ABAS se reúnem para articulação de futuras atividades

Dando continuidade as articulações das suas atividades os membros da diretoria do Núcleo Bahia-Sergipe da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas (ABAS), se reúnem na próxima terça-feira (22) na sede do Núcleo de Estudos Hidrogeológicos e do Meio Ambiente (Nehma), na ocasião serão discutidos dentre os pontos abordados na última reunião a participação da ABAS BA-SE em evento do Conselho Nacional de Recursos Hídricos e o possível financiamento oferecido pela Secretaria do Meio Ambiente para revisão do Manual de Águas Subterrâneas.

Na última reunião realizada em 25.07, a diretoria composta por Luiz Rogério Bastos Leal (Presidente), Leonardo Mascarenhas (2º Vice-Presidente), Ricardo Fraga (Secretário Geral), Thiago Gonçalves (Secretário Executivo), José Mauro Amâncio (Conselho Deliberativo) e Cristovaldo Bispo (Conselho Deliberativo) discutiu pontos importantes para o andamento das próximas atividades da associação.

O Presidente Luiz Rogério Bastos Leal apresentou um levantamento que foi feito com contatos de profissionais e empresas que atuam na área de hidrogeologia na Bahia e em outros estados, o objetivo é promover o fortalecimento da parceria com essas empresas. A diretoria também pretende ampliar as ações para manter proximidade com seus sócios e planeja novos cursos e uma série de eventos dentre eles o HidroTerra Brasil – Workshop de Águas Subterrâneas que será realizado em novembro na cidade de Morro do Chapéu, (em breve mais informações).

Estão sendo planejados para os próximos meses cursos de diversas especificidades no âmbito da água subterrânea, os cursos estão sendo programados para acontecerem entre outubro de 2017 a junho de 2018, são eles:

– Investigação de Áreas Contaminadas e Monitoramento das Águas Subterrâneas;

– Terrenos Carsticos;

– Hidroquímica e Classificação de Águas Subterrâneas;

– Interpretação de Testes de Bombeamento;

– Perfuração e Completação de Poços Métodos Geofísicos Aplicados à Prospecção das Águas Subterrâneas.

Texto: Monique Reis

Leave a Comment (0) ↓